sexta-feira, 8 de abril de 2011

Para beber Drummond



Às vezes preciso ler os poemas de Drummond. Nem sempre eu quero. Às vezes eu só preciso. E toda vez que o leio acabo pensando a mesma coisa: “o Drummond me entende!” Mas depois me recomponho e vejo que o Drummond entende é todo mundo. Ele entende essa raça desconcertante que nós somos: nós humanos.

E ler Drummond não é realmente ler. Lemos romances, ensaios, bulas de remédio. A boa poesia se bebe. Ela entra pela garganta e vai parar no estômago. Às vezes até faz mal. Mas quando aquilo digere, já é parte do seu sangue.

Às vezes, escutar um poema é melhor que ler. Por isso resolvi fazer uma lista dos meus poemas prediletos de Drummond com links no youtube.

1. Poema da necessidade.

http://www.youtube.com/watch?v=Mt1JR8BMBMA

2. Poema de sete faces.

http://www.youtube.com/watch?v=mBfm7EhzmVo&feature=fvwrel

3. Essas coisas.

http://www.youtube.com/watch?v=WzEz8q502WY

4. Consolo na Praia.

http://www.youtube.com/watch?v=GiLXc6tkZ9I

5. Quadrilha.

http://www.youtube.com/watch?v=C6tNuId7RNA

6. Destruição.

http://www.youtube.com/watch?v=t2tgDk1r0mA

7. No meio do caminho.

http://www.youtube.com/watch?v=wzz8NoFYsOs&feature=related

8. A bunda,que engraçada.

http://www.youtube.com/watch?v=odAtZbq4m9c

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Como lidar com a pressão do depressismo download imposta pelos depressores ? Abraço

    ResponderExcluir